quarta-feira, 4 de maio de 2016

Receita Federal apreende bebidas em Arroio Grande



Agentes de Repressão ao Contrabando da Inspetoria da Receita Federal de Jaguarão/RS, em operação de rotina,  abordaram no final da manhã  de terça-feira, 03/05, próximo ao km 625 da Br116, em Arroio Grande, um veículo Toyota/Fielder com placas de Turvo/SC transportando bebidas estrangeiras acima das quantidades permitidas e o condutor não comprovou a regular importação.

Estima-se o valor aproximado das mercadorias em R$ 3.000,00.

As mercadorias foram encaminhadas ao depósito da Inspetoria de Jaguarão. O motorista foi liberado após ser identificado e será representado junto ao Ministério Público Federal por descaminho.



segunda-feira, 2 de maio de 2016

Receita Federal encontra cigarros contrabandeados em carreta de combustível

Última atualização 02/05/2016 11:00:00

A Receita Federal do Brasil, em ação visando a repressão ao contrabando, realizou fiscalização na última sexta-feira, dia 29 de abril de 2016, e apreendeu uma carreta bi-trem tanque transportando grande quantidade de carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A composição, formada por um trator com placas de Maringá/PR e com os semi-reboques de Marechal Cândido Rondon/PR, foi abordado pelas equipes da Receita Federal em Gravataí/RS, na rodovia BR290 (Freeway), quando rodava no sentido capital.

Os milhares de cigarros estavam escondidos nos tanques próprios para transporte de combustíveis e a Receita Federal só conseguiu realizar a abertura do compartimento na manhã desta segunda-feira, 02 de maio.   Estima-se que os mais de 200 mil maços de cigarros contrabandeados possam valer mais de R$ 1 milhão no mercado informal.

O condutor dos veículos havia dito que os tanques estavam vazios e que não sabia a razão da viagem que realizava. Porém, o peso dos veiculos durante o rodar e a falta de esclarecimentos do motorista levantou suspeitas sobre os fatos. A Receita Federal então optou por continuar na fiscalização e hoje confirmou a ilegalidade do transporte.

O motorista será representado ao ministério público pela prática do crime de contrabando, com pena de até cinco anos de reclusão. Os cigarros serão destruídos e os veículos serão apreendidos pela Receita Federal para posterior destinação conforme ordenamento legal.












quarta-feira, 27 de abril de 2016

Chuí/RS: Receita Federal e PRF apreendem veículo com cigarros paraguaios

Última atualização 27/04/2016 17:00

A Receita Federal apreendeu no início da tarde desta quarta-feira, dia 27 de abril, em Santa Vitoria do Palmar/RS, no extremo sul do Rio Grande do Sul, um veículo transportando maços de cigarros paraguaios contrabandeados.

A ação de fiscalização oriunda de uma denúncia anônima contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.  A VW/Saveiro, com placas de Águas de Chapeco/SC foi abordada na rodovia BR-471 e transportava mais de 10 mil carteiras de cigarro.  A carga e o veículo foram encaminhados para a Inspetoria da Receita Federal no Chuí/RS.  Estimou-se em R$ 69 mil a apreensão, incluindo a carga contrabandeada e o veículo.

Telefone para denúncias na região do Chuí/RS:  (053) 32651077






sexta-feira, 22 de abril de 2016

Receita Federal apreende sementes, medicamentos, agrotóxicos e outras mercadorias em Jaguarão/RS

Última Atualização 22/04/16 às 10:00

Em operação de rotina nos dias 18 e 19/04/16, agentes de repressão ao contrabando e descaminho da Receita Federal da Inspetoria de Jaguarão/RS, na Ponte Internacional Mauá, abordaram uma camionete Hilux transportando  sementes de forrageiras (azevem, sorgo e horcus - em torno de 400 kg) e também  diversos medicamentos para uso veterinário.

Também foi abordado um veículo Fox com pacotes de inseticida e 4l de produto veterinário. O valor estimado das mercadorias é de R$ 2.000,00. Trata-se de bens de importação controlada que ficaram retidas  aguardando a autorização do órgão competente.  



 
Agentes de Repressão ao Contrabando da Inspetoria da Receita Federal de Jaguarão/RS apreenderam na manhã  de quarta-feira, 20/04 no km 640 da Br116, um veículo palio com placas da serra gaúcha transportando grande quantidade de mercadorias estrangeiras e o condutor não comprovou a regular importação.

Estima-se o valor aproximado das mercadorias e veículo em R$ 14.000,00 e tudo foi recolhido ao depósito da Inspetoria de Jaguarão. O condutor após ser identificado foi liberado.